Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novelas e Actores do Brasil

Este blog é sobre as novelas e actores da Rede Globo, no Brasil. Aqui poderão encontrar tudo sobre as novelas que vão estrear, as que estão a dar e também tudo sobre os actores! Visitem, porque isto é uma caixinha de surpresas e novidades!

Este blog é sobre as novelas e actores da Rede Globo, no Brasil. Aqui poderão encontrar tudo sobre as novelas que vão estrear, as que estão a dar e também tudo sobre os actores! Visitem, porque isto é uma caixinha de surpresas e novidades!

Novelas e Actores do Brasil

14
Set09

Conheçam as personagens de Paraíso

Tititi

Paraíso estreou hoje às 17:50  na SIC, não percam todos os dias a essa hora a história das seguintes persongens!Maria Rita (Santinha), Mariana e Antero

zeZé Camilo, Terêncio e Zeca (filho do diabo)

RosinhaOtávio, Maria Rosa e RicardoNorberto e Aurora

Zefa e Eleutério

Dona Ida e Aninha

Padre Bento

Zuleika

Alfredo

Agora gostava era de saber por que é que a SIC mudou a música de abertura! Ora vejam o que fizeram:

 

03
Dez08

Flora é a vilã mais perigosa de sempre da teledramaturgia brasileira

Tititi

Flora é a psicopata mais perigosa da dramaturgia brasileira Enquanto o cinema nos deu Hannibal Lecter, um canibal sedutor que, apesar de suas atrocidades, conseguiu seduzir milhões em todo o mundo, a tevê brasileira produziu alguém menos sanguinária, porém, igualmente cruel: Flora Pereira da Silva, interpretada por Patrícia Pillar, na novela A Favorita, da Globo. Mas, o que Flora e Hannibal Lecter têm em comum? “A Flora é uma psicopata grave, nota 10, feita brilhantemente por Patrícia Pillar. E ela reina na novela A Favorita. Não há ninguém que chegue aos seus pés, nas maldades”, definiu a escritora a OFuxico, deixando claro que Silveirinha (Ary Fontoura) e Dodi (Murilo Benício), embora maus e parceiros de Flora, não são psicopatas.  “Eles são apenas criminosos. Assim como Hannibal Lecter, que manipulava a agente do FBI (Clarice Starling) para conseguir seus objectivos, Flora também os utiliza para que suas maldades funcionem. "Psicopatas só irão se mover em função de poder, de status e de prazer. São mentirosos contumazes. Mentem com uma capacidade absurda e, quando são pegos na mentira, mentem ainda mais, na maior naturalidade. Eles têm essa incrível capacidade de articulação, de sedução dos outros e têm total ausência de culpa. Remorso, não sentem algum. E tudo isso é derivado de uma condição primária: a incapacidade para ter afecto.

A psicopatia não é uma doença. É uma maneira de ser. Isso é importante para diferenciá-los dos doentes mentais, que se desconectam da realidade, como foi o caso de Nazaré Tedesco (Renata Sorrah), em Senhora do Destino”, explicou a médica.

Convidada por OFuxico, a psiquiatra analisou diversos vilões da dramaturgia brasileira e, assim, acabou chegando à conclusão de que muitos são psicopatas. Porém, as mulheres, quando comparadas aos homens, dão um banho no quesito maldade. Tanto que Flora ocupa o topo da lista. Confira:

MULHERES:

[flora.jpg]

Flora Pereira da Silva (Patrícia Pillar, A Favorita)
“Assim como Hannibal Lecter, Flora é incapaz de sentir amor pelos que a cercam, e isso inclui a filha Lara (Mariana Ximenes) e Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia). No caso do Hannibal, muitos chegaram a achar que ele poderia amar a agente do FBI (Clarice Starling, interpretada por Jodie Foster). Mas, aquela atenção que ele dava a ela era apenas um ato de exibicionismo. Era para se mostrar intelectualmente, se vangloriar. A Flora não gosta do Zé Bob. Ela o quer por luxúria, como um brinquedo caro e difícil de ser conquistado. Flora é uma psicopata grave pois, além de matar, ela sente prazer em ver alguém morrer, como foi no caso da personagem de Juliana Paes, ao desligar os aparelhos e vê-la sufocar. Ela quer a sofisticação da perversidade. Flora é uma psicopata grave. Durante um tempo, achei que ela fosse moderada, que iria usar o Dodi e o Silveirinha para conseguir realizar suas maldades. Mas, com o passar da trama, verifiquei que ela mesma põe a mão na massa e sente enorme prazer em ver suas vítimas morrendo”. 

Laura Prudente da Costa (Cláudia Abreu, Celebridade)
"Com Odete Roitman (Beatriz Segall) e Bia Falcão (Fernanda Montenegro), forma a tríade das psicopatas comunitárias mais perfeitas da dramaturgia brasileira. Cláudia Abreu arrasou. Laura manipulou o personagem de Márcio Garcia, um criminoso meio Silveirinha, meio Dodi, para concretizar suas maldades. Interessante ressaltar que ela não o amava. Aquele choro, na morte dele, era de raiva por ter perdido um soldado fiel, um brinquedo de luxo que ela adorava. Era como se tivesse tipo perda total em seu Jaquar".

[bia.jpg]Bia Falcão (Fernanda Montenegro, Belíssima)
"Psicopata comunitária perfeita. Ou seja, era uma boa chefe, líder, mãe de família, muito bem-sucedida na sociedade. Ela torturava a filha e os demais e, mesmo pela netinha, não tinha amor algum. Psicopata disfarçada de executiva. Nota 10”.

Sílvia Pessoa de Moraes (Alinne Moraes, Duas Caras)
“Achei, em um momento da trama, que era borderline (as histéricas que são capazes de loucuras, de qualquer maldade, para preservar o objetivo de paixão). Mas depois, ela se mostrou perversa na forma total. Essa personagem se perdeu totalmente. Começou muito boazinha, virou histérica, ficou louca (psicótica) e acabou psicopata".

Maria de Fátima (Glória Pires, Vale Tudo)
"Psicopata fantástica, do tipo comunitária. Usou as pessoas, mentiu com a maior cara de pau, deu seus golpes sem qualquer escrúpulo e manipulou as pessoas, de forma a conseguir contornar tudo e se dar bem no final".

Cristina (Flávia Alessandra, Alma Gêmea)
"Era perfeita. Mas, na vida real, a loucura no final não ocorreria. Somente no fim da novela ela deixou de ser psicopata, transformando-se em louca".

Raquel (Glória Pires, Mulheres de Areia)
"Psicopata perfeita. Nota 10. Foi coerente do início ao fim. Ela foi uma criança, adolescente e adulta perversa, fria e calculista, com incrível capacidade para mentiras e sedução. E acabou como toda boa psicopata, não enlouquecendo e sendo coerente com sua história".

Marta (Lilia Cabral, em Páginas da Vida)
"Psicopata maravilhosa. Só não gostei no final, quando começou a ver a filha morta e deu uma surtada.  Mas ela, como psicopata, era muito coerente: humilhava a filha, o marido, o neto e quem passasse por sua frente, sem qualquer traço de remorso ou sentimento pelos demais.  E, quando lhe convinha, se fazia de vítima, confundindo os demais.  E ela mantinha o marido ao seu lado, só porque precisava de alguém para humilhar, o que lhe dava grande prazer.  Psicopata feita com muita maestria".

Bárbara (Giovanna Antonelli, em Da Cor do Pecado)
"Muito legal, foi coerente muito como psicopata, o tempo todo. Não surtou, não virou boazinha. Só tinha uma coisa: às vezes, tinha um senso de humor que parecia que confundia os outros, pois ela própria ria de suas maldades.  Como psicopata, está no meio-termo. Nota 9".

HOMENS:

Leôncio (Leopoldo Pacheco, A Escrava Isaura)
“Com certeza, é piscopata e do grau mais alto. Nota 10. Todas as suas maldades eram recheadas de requinte. Caso Isaura (Lucélia Santos), aceitasse seus apelos e se casasse ou se entregasse a ele, sua vida seria ainda pior. Porque ele seria aquele tipo de marido que tortura, que faria da esposa o grande brinquedo particular. E ele tinha prazer em ver o sofrimento que causava no rosto dela, e nos que atravessavam seu caminho”.

Olavo (Wagner Moura, Paraíso Tropical)
“Esse era psicopata mesmo, sem dúvida alguma, mesmo nos momentos em que se divertia com a Bebel (Camila Pitanga), gerando empatia no público. Foi muito bem feito, bem escrito e que, por isso, passava despercebido como psicopata. A gente achava que ele tinha carinho pela Bebel. Mas, no final, ele não hesitou em colocar a cabeça dela a prémio. Ele tinha prazer com ela, não amor. Aquilo não era afecto”.

Marconi Ferraço (Dalton Vigh, Duas Caras)
“Tinha tudo para ser um dos maiores psicopatas mas, no meio do caminho, até pela questão da audiência, seu personagem se perdeu. Marconi Ferraço era um psicopata que, no final, ficou bom. Justificou-se sua maldade com a infância atormentada. E com os psicopatas a coisa não funciona assim. Dependendo da audiência, a grande maioria dos vilões acaba sendo justificada ou enlouquecendo. E psicopatas não ficam bonzinhos ou enlouquecem. Se tivesse uma continuação de Duas Caras, provavelmente veríamos a Maria Paula (Marjorie Estiano), que lhe deu outra chance no final, sendo abandonada cruelmente novamente. Porque o psicopata não tem emoção, funciona apenas na razão".

 

PARECE, MAS NÃO É

Nazaré Tedesco (Renata Sorrah, Senhora do Destino)
"Não era psicopata. Tinha uma coisa mais de psicótica mesmo, de loucura. A Nazaré tinha uma hipersexualidade, era meio bipolar. E o psicopata típico não tem muito grilo com o sexo. O psicopata pratica o sexo para dominar o outro, aumentar seu ego, se vangloriar.  E isso nos faz lembrar do Olavo, de Wagner Moura. Geralmente, o homem psicopata é brilhante na cama. Por isso, muitas mulheres ficam presas a ele. Como ele não se deixa levar, estuda a mulher, vê onde ela mais tem prazer e usa isso como arma de controle. Olavo usava a Bebel para as artimanhas dele. E usava o sexo para dominar outras mulheres, como a noiva (Guilhermina Guinle), que lhe garantia status na sociedade".

Silveirinha (Ary Fontoura, A Favorita)
“É um criminoso, não é psicopata. Para funcionar, ele e Dodi precisam de uma mente perversa conduzindo-os, que é a Flora. Vale lembrar que o psicopata não precisa ser o que mata, mas precisa ser aquele que arquitecta, que manda. E é interessante ver que eles só começaram a ser criminosos, depois que ela começou a mandar. Eles só querem se dar bem. E é o que acontece na maioria das penitenciárias: cerca de 20% dos detentos são psicopatas e esses mandam na maioria, liderando rebeliões e maldades. Assim como Flora, que chegou a ficar presa, eles lideram o restante e os transformam em soldadinhos”.

06
Ago08

Paola e outros actores dão opinião sobre assassino de A Favorita!

Tititi

Como já noticiei no meu blog de A Favorita, ontem foi o capítulo em que se soube quem realmente matou Marcelo. Eu não vou revelar nem aqui nem lá pela simples razão de que há pessoas que não gostam de saber antes e preferem aguardar esse capítulo na SIC. Eu já sei quem é, e vi que estava enganada, mas não digo mais nada, quem quiser saber é só ir ao site oficial de A Favorita, vou respeitar as pessoas que preferam manter o suspense! Num site especial que a Globo criou para se dicutir sobre o assassino da novela, não foram só os internautas que deram a sua opinião, ontem alguns actores de Ciranda de Pedra e de Beleza Pura como Ísis Valverde, Paola Oliveira, Edson Celulari e Regiane Alves, deram também a sua opinião. Vamos ver algumas das apostas dos actores!

Edson Celulari alivia DonatelaMarido de Claudia Raia na vida real, Edson Celulari, acredita na personagem interpretada pela mulher: “Para mim, ainda está pouco claro. A Donatela não foi, mas o assassino pode ser muita gente. O Dodi, o Silveirinha, a Flora… Até o Gonçalo acho possível. Mas minha dúvida fica mesmo entre o Silveirinha e a Flora, com palpite para ser o mordomo. Ele é muito ardiloso e manipulador…”.betao.jpgQuando perguntado quem era a assassina de “A Favorita”, Rodrigo Lopez logo respondeu, em tom de brincadeira: “É hoje que vão revelar quem matou, né?”. Para o ator, será o fim de um grande mistério. “É complicado escolher, porque de jeito que a novela está, pode ser tanto a Flora como a Donatela, e cada hora parece que é uma, então vou ficar com o ponto de interrogação” (risos).Flora, às vezes, engana

Cléo Pires é outra do time dos indecisos. “Acho difícil saber quem é a verdadeira assassina. Tenho quase certeza de que não é a Donatela. Mas a Flora, às vezes, me engana também. Então, não consegui chegar a uma conclusão”, justifica Cléo, que sustenta o ponto de interrogação.

Uma loucura!Antes de começar mais um dia de gravações no estúdios de Ciranda de Pedra, Paola Oliveira também participa da enquete:

“Gente esta novela está uma loucura, estou muito na dúvida ainda, mas acho que a Flora é a assassina”.

isis.jpgA actriz Ísis Valverde, que actualmente interpreta a Rakelli de Beleza Pura, está muito dividida e não consegue escolher apenas uma candidata a assassina. “Ai, gente, muito difícil escolher, eu não sei quem é a assassina, estou em dúvida. Só pode escolher uma? (risos) Acho que pode ser qualquer uma das duas”, diz a actriz.monica_marteli.jpgMônica Martelli, que interpreta a Helena de Beleza Pura, não ficou em cima do muro e arriscou um palpite. “Acho que foi a Flora quem matou o Marcelo. Já estava desconfiada…”, diz a atriz. Mônica não pensou duas vezes e levantou o cartaz com o nome de Flora, que, para ela, é uma grande vilã.

Só hoje à noite&

Anna Sophia Folch, a Bruna de Ciranda de Pedra, não consegue se decidir!

“Eu realmente não sei. Porque as duas são muito convincentes. Tem hora que acho as duas muitos fofas, tem hora que acho as duas muito más e que com certeza as duas poderiam ter matado. Aí eu fiquei na dúvida, não consegui descobrir. Vou ter que assistir hoje à noite para descobrir”, ela conta.

Nem uma, nem outra“Adoro a novela, a acho muito interessante, mas a situação ali é bastante complicada. Para mim, não foi nem a Flora nem a Donatela. O assassino é o Dodi. Ele é muito malandro e claramente está escondendo algo”, aposta Humberto Martins, o Renato Reis, de Beleza Pura.Coluna do meio!Regiane Alves e Leopoldo Pacheco são os primeiros a dar um palpite. A dupla de amigos debateu bastante o assunto, falou das características de cada personagem, mas preferiu dar um voto conjunto: dúvida! Por isso, os dois posaram com os cartazes de Donatela e Flora. “Para não fazer nenhuma injustiça”, disseram. “É melhor esperar o capítulo de hoje à noite”.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Sites de novelas

Sites de actores

Blogs pessoais de actores

Blogs pessoais de autores

Parceiros

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2007
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2006
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Actores eleitos